11 fevereiro 2007

Francisco Barrão



Um dos homens que marcou a vida colectiva do Pombalinho, no pós 25 de Abril de 1974, foi Francisco Brás Barrão Júnior. Exerceu a Presidência da Junta de 08 de Janeiro de 1977 a 04 de Janeiro de 1986, tendo com o seu exemplar desempenho, implementado um magistério de serenidade democrática durante os dois mandatos em que foi eleito.

Mas porventura o seu maior contributo para o Portugal democrático, foi ter dado a este país um dos homens, que na qualidade de militar, maior preponderância teve na preparação do programa do MFA e depois já como Ministro da Administração Interna, na realização das primeiras eleições livres em Portugal no pós 25 de Abril.

Francisco Barrão, pai de Manuel da Costa Braz, teve a sua Festa de Homenagem a 4 de Junho de 1995 e aqui se regista no Pombalinho, o evento, com a publicação destas memoráveis fotografias.









Francisco Barrão, ladeado à esquerda por Ladislau Teles Botas e José Cruz Moura da Fonseca e à direita por José Miguel Noras, José Niza e Joaquim Mateiro.








Francisco Barrão entre Georgina Júlio, Milita Mateiro e Diamantina Leal.




Colaboração Fotográfica_Joaquim Mateiro/Teresa Cruz


Wikipédia  de Francisco Barrão






5 comentários:

Paulo Felisberto disse...

Estive a semana passada em casa dele...já tem o ouvido duro, mas não me safo daqueles tabefes bem dados que só ele sabe, assim que descobre quem sou eu e se lembra do meu avô.

MGomes disse...

Pois...,Os anos não perdoam e o desgaste é inevitável ao longo da vida. Penso que o Sr Francisco Barrão já deve ter quase cem anos, não é verdade?
Um Abraço.

MGomes disse...

Um agradecimento ao Joaquim Mateiro pela rectificação do ano da Homenagem e pela identificação dos convidados na primeira fotografia.
Um Abraço

João disse...

Caro Amigo manuel tenho um pamfleto desta festa , vou fazer chegat até si , é apenas o folheto do programa dafesta com uma breve alusão a este nosso Grande conterrâneo que é o Sr. Francisco Brás Barrão Junior.
Com um Grands Abraço
joão Condeço

MGomes disse...

Caro Amigo!
Agradeço-lhe, como é obvio, o envio do folheto dessa festa de homenagem ao Francisco Barrão, mas também a sua atenção por tudo que se vai publicando neste cantinho online da nossa terra!

Um Abraço