28 junho 2013

Café Central - Golegã




Sempre que  saíamos  do Pombalinho em direcção  à  planície,  O "Café Central" na Golegã  era um dos locais de paragem quase que  "obrigatória" ! Para beber uns copos numa roda de amigos, saborear um  festivo jantar comemorativo  ou simplesmente  usufruir de outros ares que  não  encontrávamos na nossa terra!

Nesses  tempos o Pombalinho  tinha, porventura,  um outro encantamento! Quem  lá vivia sentia-se   integrado na comunidade de uma forma muito especial! Os  laços de apego de variada ordem não eram fáceis de  quebrar!  A vida social movimentava-se a um ritmo diferente!  Havia um maior apelo  ao  estar, a uma  forma muito peculiar de viver, enfim, ao sentido prazenteiro da vida  à  boa maneira das gentes desta zona tão caraterística do Ribatejo! 


 Mas apesar de todos esses elos de múltiplas e agradáveis vivências que se  faziam sentir no Pombalinho,  mesmo assim, razões não haviam que impedissem  que a Golegã não tivesse sido  sempre considerada como um destino  alternativo dos pombalinhenses! Os fins de semana eram  complementarmente  preenchidos  com visitas entusiásticas aos lugares mais castiços e conhecidos da terra  da Feira de S. Martinho. 




Um grupo de amigos, pombalinhenses,  no Café Central.
Manuel Fonseca, Mário Loureiro , Ezequiel Leal, Francisco Presume e Carlos Leal.



Entraram assim no roteiro das nossas memórias, as inesquecíveis "imperiais" do Chico Afonso que na altura se dizia das mais leves da região por serem de marca "Cuca", as saborosas febras grelhadas no "Lagar" ao som de fados e guitarradas,  os belos bifes  no "Central", ou até  os  petiscos regionais no "Cu da Mula".

Afinal tudo isto fazia o seu sentido! A ligação do Pombalinho e  das suas gentes  à "capital do cavalo"  nunca deixou de facto de existir! Tanto a  partir da  vertente laboral  ao nível do amanho e cultivo dos campos da Golegã como  no desempenho  de profissões de caracter urbano! Mas  também e principalmente numa relação social que se foi cimentando através dos tempos  e   naturalmente  assumida e exercida na base de valores e  tradições comuns  às duas comunidades!  




Foto do Central retirada da sua página FB 

Foto do Grupo Amigos, gentilmente cedida por Carlos Leal/Fernando Leal




Sem comentários: